quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Algo entre aniversários, chuva e zodíaco.



Feliz aniversário Babi, Michèlle, Jefferson. A festa foi linda.







A única dúvida que me abateu ainda pela manhã foi como vocês conseguiram juntar a Europa inteira em um bar? É louvável.

Ontem estava chovendo. God, eu amo chuva. Eu amo o frescor que sobe do asfalto quando a chuva pára, e o jeito como as pessoas correm achando que são de açucar, só pra chegar em casa e mergulhar numa banheira cheia de água.

Qual o ponto em não se molhar, afinal? Eu entro no mergulho, não uso maquiagem, não faço chapinha e essas coisas de moça que lê Gloss. Eu me dou uma chance. Eu quero me dar uma chance, pensando se é certo, mas quando eu vi eu já tô lá, debaixo do tempo ruim.

Tempo ruim. Mas eu aprendi a gostar da chuva, então eu me consolo nesse pensamento.

Um poeminha datado de 2007 que eu achei conveniente porque ontem coisas do horóscopo me vieram a cabeça.

Áries, áries
Ser humano peculiar
Não pensa em agir
Age sem pensar
Criatividade e vontade
Vontade que leva a
Criatividade
Signo dos líderes
dos persuadores
dos convincentes
Áries foi feito para ser o Leão
do reino animal.
Será que o aquecimento global
é fruto da imprudência de arianos?
Inconseqüencia?
Fim ao aquecimento!
Fim aos arianos!
Mas pensem em mim, palavra,
Pensem em mim!




Vou indo, correr atrás da vida.

Nenhum comentário: