Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Desovando

Estado de espírito: de cabeça-pra-baixo

O meu vôo é meia noite e me peguei fazendo uma coisa que, subconscientemente ou não, eu só notei as coincidências agora, tipo, right now... Começou com uma prateleira no meu quarto onde eu deixo remédios e essas coisas. Daí eu vi que tinha um monte de caixas vazias e comecei a ir jogando no lixo, só que o lixo começou a faltar espaço, então peguei um daqueles sacos azuis de lixo e fui jogando fora um tanto de coisa no quarto das quais há um ano atrás eu me via prendida. Então eu abri um armário, e eu já estava no terceiro saco de lixo. Foram quatro sacos grandes e eu andando torta tentando levar todos pro elevador e deixar lá embaixo, uma cena patética, eu sei, mais ainda porque eu estava arrastando os malditos, bem aí "pobre diabo" se aplica a mim. Quando eu subi de volta, deitei de alívio, e sem querer só acordei de tarde. Eu acredito que essas coisas que a gente vai acumulando nas gavetas acumulam energia e só as jogando fora mesmo. …

Tudo mais

Hoje quando eu peguei o ônibus de volta pra casa, do colégio, eu vi um cara esperando um ônibus que, meu de-us, fisicamente, ao menos, ele era o homem da minha vida.

Existem fatos bizarros na minha vida que me remetem sempre a PRAIA. Eu sempre vejo de relance os homens da minha vida na praia, seja no Brasil, em Camboriu, ou em Nice. Juro! E sim, o cara do ônibus tava na parada de ônibus da praia.

Em Camboriu aconteceu que um ruivo me pára na praia e me chama pra sair no outro dia. Quem me conhece sabe que, he he, eu tenho esse problema com ruivos. E sim, fique curioso(a) com o desfecho da história.

Eu queria fazer um feedback ao post da Letícia, sobre Heteros x Homosexuais. E eu sei que já está bem claro que, graças ao potencial masculino desse mundo (hahaha!), eu sou hétero - demais. E do pior tipo que existe: machista. Sim, lugar de mulher é no tanque! Ora, minha filha, se você tem o homem que quer, vai pro tanque mesmo, a vida vai continuar com cores que tu nunca achou que existia. …

Projeção de pensamentos

Eu resolvi anotar meus pensamentos por alguns minutos. No meio, a caneta falhou, mas eu gostei daquilo e peguei outra caneta. Eu fico lendo o papel tentando me analisar, porque mais do que ninguém, eu quero desesperadamente me entender. Eu sempre achei que olhando por fora das situações eu julgaria como uma terceira pessoa, um julgamento meio justo, mas a minha auto-crítica só me reserva os adjetivos que eu já conheço que cabem a mim. E eu ainda tenho todo esse kharma pra colher...

Bem, basta dizer que foi durante a aula e é o que se segue.

11/02/2009
Foi idiota acordar tarde hoje, mas foi quase como ser livre.
Essa dor nas costas parece que gosta de mim e quer ficar.
Minha senhora, eu não sei o que eu quero da vida, nem se a vida me quer.
Tenho que acabar de escrever o conto sobre a mulher que era um raio.
Eu não consigo imaginar meus professores vivendo uma vida normal. POR QUE?
Odiei as regras desse português reformulado, fui usurpada. ELES PODIAM TIRAR QUALQUER COISA DE MIM.
Eu fico imag…

Metas de ano novo e qualquer coisa que lembre de que se é vivo.

1) Tirar as amigdlas;
2) Ser ruiva, de novo;
3) Não tentar mais mudar as pessoas. Elas não vão mudar;
4) Parar de assistir TV;
5) Não deixar ninguém mudar meu humor. Esquecer o externo;
6) Plantar girassóis;
7) Amor, sem dor. Cacau puro;
8) Parar de comer coisas industrializadas que parcelam o suicídio;
9) Fazer uma tatuagem;
10) Aprender a cozinhar italiano.

Quando acabar o ano eu venho checar essa lista.

Dos nove aos treze

E o período de vida que cobre dos meus nove aos treze anos...

Foi regado de Blink, muito mesmo. Cresci à base dessa vitamina... E foi uma - merda - quando eles terminaram a banda, eu achava que ia ter um suporte pro resto da vida. É lógico que eu não sabia nada sobre o ser humano, mas aprendi bem rápido. Porque eu lembro que depois do término da banda eu mergulhei numa fase, hm, meio... DENSA DEMAIS. Duas decepções no mesmo ano, duas catástrofes.

E agora, eu posso dizer que eu vou conseguir me resgatar e que eu aprendi a dar tempo ao tempo.

Sim, o Blink está de volta, e quem disse isso foi o Mark. E quem recebeu a notícia foi uma segunda garota, crescida, apesar de ainda muito calada.

E eu sorri, foi um sorriso cheio de desespero e saudade. Mas eu não quero que fique parecendo que esse último perído da minha vida, até os dezesseis, foi triste. Mas houve seus momentos de saudade daquele trio magnífico que me fazia rir como ninguém conseguia, numa epoca que eu só tinha um namorado e umas am…

A vassoura tá no armarinho, Obama.

"[...]

Foram duas aulas seguidas do Nonato, ele falou sobre a crise, o inédito déficit econômico do Brasil em sete anos ou mais, e eu fiquei pensando em como todo mundo pôs a corda no pescoço, nós, sendo engolidos pelo próprio sistema capitalista neoliberal. Em pensar que foram relativos trinta anos mundiais de prosperidade, oh, chegamos a um fim. O que me faz achar esse tipo de poder muito patético e me faz pensar sobre as épocas em que o poder obedecia a outras variáveis, a nobreza do sangue, ao tamanho de um exército, à quantidade de terras... Devia ser mais fácil sobreviver, devia ser fácil controlar, tudo o que nós temos agora é o Barak Obama tentando salvar o mundo. Você está pensando o que eu estou pensando, Pinky? Sim, Obama! Vamos dominar o mundo. Bem, boa sorte, não conte comigo, a minha vida não mudou em absolutamente nada, tudo são flores, quanto ao outro lado do muro, esse eu só vejo no jornal e nas aulas do Nonato. Eu vou sempre me preocupar mais como o meu cabelo es…