Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Se eu me despedir de ti estaria mentindo

Quando te pus na mala
me desintegrei em pedaços
também
Eu tomando chá de avião
Você pra trás.

O mundo não cabe na nossa mão
Nem na minha mala
Nem na tua
na minha
vontade

Cabe no meu acordar
do lado teu
Nos meus ataques
(só de risos)

Cabe no teu cheiro
que ficou em mim.
Cores promessas

E olhando pra ti lá

ficando pra trás
Fico sem dúvidas:

Te levo na mala sim
Pois se eu me despedir de ti
Estaria mentindo