domingo, 26 de abril de 2009

Última vez

[Girassol que ganhei de aniversário da Catarina]


Fazer as coisas pela última vez cria uma responsabilidade de que elas têm que acontecer do melhor jeito que elas possam acontecer... E agora, mais que nunca, eu faço, aqui, as coisas pela última vez e me preparo pra realizar tudo novo em um lugar completamente novo... Ou seja, é quase como querer escrever um epitáfio de memórias boas e motivações pra saudades, sem morrer, exatamente. 



Não planejei nenhuma festa de aniversário, porque vou fazer despedida, e aí sim vou conseguir reunir todos. Vai ser em Julho.

Mas é isso. Tá acabando. 

- And what do we do now?
- Enjoy it.

Talvez "acabando" não seja  a palavra, "tornando mais real" seria o mais certo... Principalmente quando os casacos começam a ganhar espaço no meu guarda-roupa, junto com cachecóis (não sei nem escrever a palavra, nunca a usei ahahhah), botas, meias, moletons e blusas compridas. e também os abraços não são mais tão longos como deveriam ser, ou precisam ser...

Aconteceu uma coisa engraçada, que eu tenho essa borracha que eu comprei em Windsor na Inglaterra em 2006, e ela é uma libra, retagunlar e tudo, e eu sempre dizia pra mim mesma que eu ia usar ela até o fim da faculdade, era uma coisa infantil de se dizer, porque olhando de onde eu estou agora pra aquele momento, eu nunca imaginei que eu faria medicina e tão longe de casa. De qualquer forma, a borracha não chegou nem na metade ainda, com três anos de uso, e eu fiquei me perguntando se ela estava pront pra durar seis anos de medical school. Foi ai que ela se livrou da responsabilidade de durar mais seis anos, porque o Levi me deu uma borracha maior ainda que a borracha da libra de Windsor, escrita "FOR BIG MISTAKES", e eu achei muito simbólico nesse contexto todo. 

Três meses.

Ver a realidade assim, tomando forma, e eu indo em direção a ela é a coisa mais doida...

Nenhum comentário: